fbpx
Start typing and press
Enter to search

O que se falou em 2018 e o que se falará em 2019!

Na reta final de 2018, é comum tirarmos um tempo pra pensar em tudo que se passou durante o ano. Com esse pensamento, trazemos aqui a nossa seleção com alguns dos principais assuntos falados durante 2018, bem como uma previsão do que acreditamos que será pauta em 2019. Confira!

O que se falou em 2018

Western: Mesclando rusticidade a um toque de romantismo recatado, o estilo dominou as passarelas nacionais e internacionais em 2018, principalmente para a camisaria e itens em couro.

Neon: Os tons fluorescentes trouxeram uma esportividade jovem para as peças casuais, ganhando espaço inclusive em looks monocromáticos.

Chunky Sneakers: Modelo mais falado e controverso do ano, o tênis robusto com referência dos anos 1990 foi lançado pela Balenciaga e desde então visto nos pés dos fashionistas e inspirando criações de inúmeras marcas.


Isabel Marant – Paris | Kyllie Jenner | Balenciaga

Cenário político polarizado: Ano de eleição nacional, 2018 foi marcado pelo crescimento do interesse político e pela escolha de um lado para acreditar e defender, muitas vezes, misturando realidade e fantasia.

Fake News: Esse foi o ano em que crenças individuais serviram como força argumentativa para a construção de discursos. Com tantos boatos sendo divulgados, não se sabia onde e em quem depositar a confiança. O tema se mostrou tão relevante, que inspirou até mesmo a criação de campanhas de moda, como mostramos aqui.

Astrologia: Nesse cenário de incertezas, as pessoas voltaram sua atenção com mais intensidade para a busca de respostas. De sites especializados em mapa astral, a gurus pop e memes, a astrologia foi tema recorrente.

This is America: Não há como negar que o clipe foi um dos mais comentados. Com 10 milhões de visualizações em 24 horas, obra de Childish Gambino fez duras críticas aos EUA em embalagem artística.

A Starn is born: Filme protagonizado por Lady Gaga e Bradley Cooper foi um dos mais esperados de 2018, e superou as expectativas do público em relação a atuação da cantora.


Farzad Mohsenvand | This is America | A Star is Born

O que se falará em 2019

Virtual influencers: Miquela, Bermuda e Blawko são as novas personalidades das redes, 100% virtuais. Com looks grifados e uma estética hype, essas personas marcam a nova safra de influencers.

Design emocional: À medida que os humanos se tornam mais digitais, a tecnologia ficará mais humana e, com isso, os designers se concentrarão em criar produtos com novas extensões de sentidos.

Capitã Marvel: Em 2019, a Capitã Marvel chega aos cinemas encarregada de ser a primeira mulher a protagonizar um filme do estúdio. Com figurino que não expõe o corpo, foca na diminuição dos estereótipos.

Despertar ativista: A cultura de polarização tirará os consumidores da complacência. A necessidade de mudança será cada vez mais debatida e a busca de soluções estará nas mãos dos pequenos grupos.


Lil Miquela | Capitã Marvel | Agência Brasil

Neo Básico: A tendência é de que cada vez mais os consumidores estejam em busca de um guarda-roupa simples e funcional, porém com toque de elaboração, seja nos materiais ou modelagens.

Futurismo: No ano em que completa 50 anos que o homem pisou na lua, as visões de futuro serão fortes referências estéticas para o consumo, como mostramos no Inspiracional Visões do Futuro.

Sustentabilidade: Crescerá cada vez mais a preocupação do mercado da moda com o consumo sustentável. Entre as ações de destaque no ano, está a Vegan Fashion Week, evento sem fins lucrativos, dedicado a elevar a moda ética a nível global. Acontecerá em Los Angeles em fevereiro.


Louis Vuitton – Paris | Adidas Sam Smith em versão vegana produzida por Stella Mccartney | Poiret – Paris

Imagens: Use Fashion e Divulgação.

Deixe uma resposta